Terça-feira, 8 de Março de 2005

Simplesmente ... MULHER

Mulheres

Elas sorriem quando querem gritar.
Elas cantam quando querem chorar.
Elas choram quando estão felizes.
E riem quando estão nervosas.
Elas brigam por aquilo que acreditam.
Elas levantam-se para injustiça.
Elas não levam "não" como resposta quando
acreditam que existe melhor solução.
Elas andam sem novos sapatos para
suas crianças poder tê-los.
Elas vão ao medico com uma amiga assustada.
Elas amam incondicionalmente.
Elas choram quando suas crianças adoecem
e se alegram quando suas crianças ganham prêmios.
Elas ficam contentes quando ouvem sobre
um aniversario ou um novo casamento.

Pablo Neruda



Maria, Maria

Maria, Maria
É um dom, uma certa magia,
Uma força que nos alerta
Uma mulher que merece viver e amar
Como outra qualquer do planeta
Maria, Maria
É o som, é a cor, é o suor
É a dose mais forte e lenta
De uma gente que ri quando deve chorar
E não vive, apenas agüenta
Mas é preciso ter força
É preciso ter raça
É preciso ter gana sempre
Quem traz no corpo a marca
Maria, Maria
Mistura a dor e a alegria
Mas é preciso ter manha
É preciso ter graça
É preciso ter sonho sempre
Quem traz na pele essa marca
Possui a estranha mania
De ter fé na vida

(M.Nascimento/F. Brant)



O GRITO DA MULHER-MÃE

Aos meus filhos este dia vou dedicar...
Esta manhã, vou apenas sorrir quando vir o vosso rosto,
e rir mesmo sentindo vontade de chorar
Vou-vos deixar escolher as peças a vestir,
sorrir e dizer: “Estais lindos”!!
Vou deixar de lado a roupa para lavar,
a casa por limpar,
pegar em vós e levar-vos para o parque brincar.

Esta tarde, vou deixar o telemóvel desligado,
o computador apagado e sentar-me convosco,
correr, saltar, jogar à bola ou ao balão
e porque não aprender a fazer bolas de sabão?
Não vou gritar nem resmungar.
Vou apenas deixar que me ajudem a assar
os biscoitos que juntos vamos preparar para o nosso jantar.

Esta noite, vou deixar que espirreis a água do banho
Vou deixar que fiqueis acordados até tarde
Vou–vos deixar ir para a varanda contar as estrelas.
Esta noite, apenas quero sentir-vos nos meus braços
e contar-vos a história que faz com que goste tanto de vós

Vou deixar de lado todos os meus programas favoritos da TV
e pensar nas mães e nos pais que visitam seus filhos nos hospitais,
com grito de impotência sofrida.
E quando o dia acabar
vou dar-vos um beijo de boa-noite,
vou apenas pegar na vossa mãozinha um pouquinho mais de tempo,
e então vou agradecer,
sem nada pedir,
excepto mais um dia.

Dina Moreira

(este poema é um hino a todas as mulheres, enquanto mulheres e enquanto mães...)



Tenham um grande dia e sejam simplesmente Mulher...

2.jpg





publicado por mar_te às 09:33
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 9 de Março de 2005 às 02:35
Escreveste aqui palavras lindas. espero tenhas passado um dia feliz. beijinho*lina
(http://acordomar.blogs.sapo.pt)
(mailto:linahopes@msn.com)
De Anónimo a 15 de Março de 2005 às 23:49
Olá, vou deixar aqui uma mensagem: "Mulher é como feiticeira, transforma em luz e sorriso as dores que sente na alma, para ninguém notar e ainda tem de ser forte para dar os seus ombros para quem neles precise chorar. Beijinhosluasolitaria
(http://http//luasolitaria.blogs.sapo.pt)
(mailto:didita2@sapo.pt)

Comentar post

"As ondas quebravam uma a uma Eu estava só com a areia e com a espuma Do mar que cantava só para mim. " -Sophia de Mello Breyner Andresen-

.pesquisar

 

.links

.posts recentes

. Obrigada...

. Brandi Carlile

. Salvem os Ricos...

. Fim

. Lágrimas Ocultas

. Simplesmente...

. Eu queria ter o tempo e o...

. Muse - Unintended

. Adele - Cold Shoulder

. Morcheeba - Enjoy The Rid...

. Brandi Carlile - The Stor...

. Feliz dia Mundial da Cria...

. Flores...

. Eu Amo Tudo o Que Foi

. Mulher!!

. Silêncio e tanta gente

. A vontade...

. * _*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_...

. Desejo partir…

. Inscrição

.arquivos

blogs SAPO
Marinheiros

.subscrever feeds